quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Corações concêntricos

O que será que há,
tanto mistério,
no teu sorriso brilhante,
circunspecto e sério...

O que foi que eu vi,
tão solitário,
no teu sorriso cativante,
franco e claro...

Na ligação sutil,
crescente e curiosa,
transparece no teu semblante -
aura luminosa...

Nos corações enternecidos,
linha única,
sentimento semelhante
em corações unidos;
mesmo centro, mesmas fontes,
sempre carregando
tanto perto quão distante...

P/SM
[Adhemar - São Paulo, 24/05/1999]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Alessandra — sábado, 24 de janeiro de 2009 (01:15:26)
Fazia tempo que eu nao passava aqui.
Bla poesia.
SOrriso cativante
A gente sempre encontra um
Ver alguém sorrir, nos faz bem.
E muitas vezes nos faz rir tbm.
=D
bjs