sábado, 27 de junho de 2009

DESABRIGO

Até romper seus próprios rancores
e desafiar a gravidade,
matar de fome os seus temores
e saltar sobre a cidade.

Marcar a reunião com os algozes,
evitar a via engarrafada;
faltar e gravar as suas vozes
e se justificar com a piada...

Cozinhar em fogo brando os problemas
e retemperá-los com surpresa.
Desmanchar a receita e os esquemas
com salada, aperitivo e sobremesa.

Suportar os piores estertores
até romper com seus próprios dissabores.
Levantar para comprar novos humores,
investir na bolsa de rumores
e tentar sacar alguns amores;
porém levando em si algum pudor e muitas flores...

[Adhemar - São Paulo, 27/06/2008]

Nenhum comentário: