Pesquisar este blog

sábado, 6 de junho de 2009

ESTOFO

Quando fui o homem
dono de uma imensa liberdade,
eu mesmo me amarrei.

Quando Deus proporcionou
outra oportunidade,
eu mesmo desperdicei.

Quando Deus quis que eu visse
mais longe e mais profundidade,
eu mesmo me ceguei.

Quando Deus quis que eu batesse
com força e com vontade,
eu só apanhei.

Ser feito de couro grosso
ou cérebro mineral
não orgulha e não entristece.
Horizonte muito curto
e cinzas de um carnaval
podem ser o que parece...

O fazer, o aqui, o agora
aparentemente aleatórios
em tudo o que acontece
é correr olhando pra cima,
ignorando o terreno,
sem perceber que se desce!

[Adhemar - São Paulo, 11/10/2006]

Nenhum comentário: