Pesquisar este blog

sábado, 4 de julho de 2009

Perspectiva

Eu queria ser um desenho
desses tridimensionais.
Pode ser um estranho desejo
de estranhas reações normais.

Um desenho em preto e branco,
com sombras e tudo mais.
Significativo, no entanto,
linhas dramáticas e reais.

Ou um desenho colorido,
com brilhos, anúncio grátis.
Apegado a um papel querido,
esquadros, réguas e lápis.

Seria um desenho nítido,
com firme e belo traço.
Significado transparente e límpido,
curvas feitas a compasso.

Não seria jamais prisioneiro!
Livre, sem preocupações ou ruga
estaria, sempre ligeiro,
escapando pelos pontos de fuga!

[Adhemar - São Paulo, 03/02/2000]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por NBS — quarta-feira, 15 de julho de 2009 (00:01:12)
É o arquiteto falando mais alto.
Gostei do sentimento de liberdade.
bjs NBS