Pesquisar este blog

domingo, 27 de setembro de 2009

Exéquias


Libertos os pensamentos esparsos
numa algazarra de silêncio.
Estaremos todos nós um pouco mortos
nesse exílio voluntário
dentro de nós mesmos?
Evitando o convívio por preguiça,
a presença por cansaço
tão suspeito e tão sem graça...

Os pensamentos esparsos vão no vento,
até soprar as folhas secas
sobre nossas lápides - aqui jaz.
E uma solidão devastadora
de não se bastar a gente com a gente
como companheiros de jornada...

E lá estarão os pensamentos esparsos
procurando se arraigar
em antigas tradições ultrapassadas
de sorrisos, de piadas,
de filosofias baratas...

E os esparsos pensamentos libertos
vão nos conduzir pelas estradas dos esquecidos,
dos ingratos.
E quando quisermos por as coisas
nos seus devidos limpos pratos
será o deserto.
Estarão as nossas almas meio penadas,
meio à esmo,
errantes e desconsoladas...

E os espasmos pensantes libertinos,
achando que estão abafando
enquanto condenam a esse degredo
que é o inferno dentro de nós mesmos,
insondável, impossível, "insalvável".
Num pretenso repto repentino,
arrependido, arrepiado, pulsativo...

E o espanto pensativo liberado,
anestesiado no seu alienamento
fará da fome o seu próprio alimento
enquanto tenta enxergar à frente.
A visão toldada, embaçada
no livre pensar repetitivo
tenta criar um clima - um alívio -
tipo penitência punitiva...

A espessa liberdade pensativa
adormece embaraçada,
emaranhada em contradições dissertativas;
em contraponto, vai correndo na subida,
ofegante, palpitante, oferecida,
vai pro espaço,
vira cinza colorida...

E os libertos pensamentos esparsos,
ora férteis, ora fartos,
vão servir de epitáfio interessante para nós
que estaremos todos um pouco vivos
nesse exílio voluntário
para em volta de nós mesmos!!!

[Adhemar - São Paulo, 26/08/2009]

2 comentários:

shintoni disse...

Adhemar:
Hoje foi postada no Duelos, no Tema do Mês, sua bela poesia Abandono.
Valeu mesmo pela participação!
Abração e volte sempre!

Adh2bs disse...

Comentário por Tatiana — domingo, 27 de setembro de 2009 (11:37:15)
No meu epitáfio estará escrito: “Exílio involuntário”.
Beijo,
Tati.

Comentário por adhbrgsz — quarta-feira, 11 de novembro de 2009 (07:46:04)
No meu talvez esteja: “já foi tarde!!!”
Adh