Pesquisar este blog

terça-feira, 22 de setembro de 2009

VINTE ANOS!

Se de tudo ao meu amor eu for atento
- e hei de proclamá-lo aos quatro ventos -
resistindo bravamente minha Stella
a vinte anos já, de casamento!

Se Deus a escolheu por criatura,
que adora os filhos, cuida deles e me atura;
talvez por ironia ou castigo
a colocou nesta louca aventura...

Bem feito! Quem mandou?! Casou comigo!
Apesar de rica, escultural e muito bela,
só lhe sobrou esta casca de marido!

Que se esforça, que a ama
mais que tudo e mais um pouco;
que por paixão se atira aos pés dela
declamando tantos versos feito um louco.

Que todo dia se promete em oração
fazer o impossível pra continuar a merecê-la;
e tê-la impressa dentro do próprio coração
e mesmo assim sequer jamais cansar de vê-la.

Pra responder tua pergunta de outro dia,
se após tanto tempo o casamento é um estorvo,
só posso te dizer, sem ironia,
que contigo tantas vezes casaria
quantas eu pudesse, de novo!!!

P/ Stella Maris
[Adhemar - São Paulo, 21/09/2009]

23/09/2009 - 20 ANOS

Ou seja, não vai se livrar da sarna tão cedo...
Sei que você sabe que meu jeito de agradecer tantas bençãos em nossa vida é através dessa irreverência, arengando essas besteiras que me deixam feliz quando te fazem sorrir. Beijão,

Adhemar, 23/09/2009.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por NBS — segunda-feira, 28 de setembro de 2009 (12:06:18)
Parabens e obrigada pelos lindos netos. Como diz o poeta:”que seja infinito” e dure sempre.
um forte abraço

Comentário por selma barcellos — segunda-feira, 5 de outubro de 2009 (22:39:05)
Poeta, se assim é a estrela de teu mar, enfeita de verde-azul os dias e sê-lhe não mais que a moldura. Terá valido.
Seguirei apreciando, gota a gota, os versos deste espaço.
Abraço.