Pesquisar este blog

domingo, 29 de novembro de 2009

CÉUS

Tarde quente,
outonal em pleno inverno;
vai entorpecendo lentamente
um esquecimento interno.

Tarde azul,
uma clara cor fixada ao firmamento
ensolaradamente azul,
perdida, enevoada num aquecimento.

Tarde dourada,
num vigoroso contraste cromático
deixando a paisagem emoldurada,
proporcionando um irreal fantástico.

Tarde morena,
deslizando suave pelo asfalto;
um abraço tépido, cálido e sereno
tratado então assim, meio por alto.

Tarde quente,
Encerra em si tanta preguiça,
tanto riso, tanta alegria tão contente...
Não se apressa nem se adia: se conquista!

[Adhemar - São Paulo, 17/08/2005]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Selma Barcellos — segunda-feira, 30 de novembro de 2009 (22:38:54)
Um abraço tépido, calmo, sereno… Parei aí e fiquei.
Beijocas no poeta.

Comentário por Gaby — quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 (17:17:25)
olá
muito obrigado pelo comentario, andei meia
sumidinha do meu blog, trabalhando muito
” graças a Deus” kkkk.
Adoro o calor ficamos uma dispostos acordamos
de bem com a vida é otimo….
Bjs. Felicidades