quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Evasiva

O que acontece neste coração?
O que acontece?!
Qual será o motivo dessa aflição?
O que te parece?!

Estendida a mão, está escuro...
Se for uma doença
não será o caminho mais puro
tomar consciência...?

Mas o que parece não é o que se pensa.
E nem se pretende
que este sentimento faça nascer descrença.
A gente se entende.

Abandonar a guarda, encarar de frente.
O que é ilusão?!
Quem é esse indigente
mendigando esmola do teu coração?!

P/ BSF
[Adhemar - São Paulo, 17/09/1987]

4 comentários:

Tah disse...

^^ Ameii o poema...

"Abandonar a guarda, encarar de frente.
O que é ilusão?!
Quem é esse indigente
mendigando esmola do teu coração?!"

Perfeitoo... xD

Bjos ♥

Nina disse...

"Estendida a mão, está escuro..."

Ótimo poema.
Obrigada. Sobre o seu comentário no meu blog, concordo, o ser humano deveria prestar mais atenção à natureza ao seu redor, poderia aprender muito com os "animais".

Agora estou com o pc quebrado, então vai continuar complicado para eu postar...mas espero que não por muito tempo (;

Abraço Nina

Lumenamena disse...

"Mas o que parece não é o que se pensa."

Perfeitíssimo.
Poema lindíssimo. Gostei muito!

Abraços,
Lumena

Adh2bs disse...

Comentário por Selma Barcellos — segunda-feira, 21 de dezembro de 2009 (18:43:40)
Adoro suas poesias… São cristalinos os seus sentimentos mostrados em versos.
Bom demais passear por aqui, Adh.
Um abraço de sua leitora (sempre grata ao poeta).

Comentário por Manhosa — quarta-feira, 23 de dezembro de 2009 (00:02:11)
Dizer que gosto de teus escrevinhados… é dizer muito pouco…
Meu Amigo do coração… és muito especial para mim…
Escrevinhas fácil… claro…
Expõe teu coração… isto de fato é o que conta… encanta…
Bjs.