Pesquisar este blog

domingo, 6 de dezembro de 2009

Inquebrável


Diante de um espírito superior apenas devemos prestar atenção a atmosfera; um espírito superior cerca-se da sabedoria que concentra. Observar e aprender a partir dos seus mínimos gestos, do seu modo de olhar. Um espírito superior não usa os seus circunstantes, mas os abraça e os faz pensar. Nunca se apressa na sua infinita paciência de esperar e, ora é velho, ora é criança em sua busca intensa de aproximação e semelhança.

Com um espírito superior a gente nunca é obrigado a concordar, sempre há margem para uma controvérsia, sempre há tempo para falar pensando antes. Um espírito superior também aprende, também brinca e se diverte; é sempre atento, se for preciso chama a nossa atenção, estimula a reflexão e traduz uma filosofia. Um amigo. Um espírito superior nos acalenta e incentiva, nos provoca e nos questiona.

Um espírito superior é um abrigo, um porto de atracação tranquila, um ídolo, um exemplo, um auxílio, um alimento, um motivo; um motivo pra gente querer ser melhor.

P/ NBS - um espírito superior
[Adhemar - Santo André, 15/12/2008]

Terreiro rico!

E por falar em espírito superior, hoje faz anos minha tia Norah. Não se preocupe tia, não vou dizer que são 78, sou discreto! Irmã mais velha de minha mãe (NBS - por acaso), matriarca do clã dos Sanna que já foi cantado neste blog em prosa e verso. Como os bons vinhos, só faz melhorar com o tempo. Muito aprendi ouvindo-a quando era apenas um aborrecente, depois moço, depois pai novo... Nem os braços-de-ferro que esporadicamente travamos no campo da política deixam de mostrar algo que a gente não viu, ou não apreendeu em todo o seu significado. Muita paz e saúde pra aguentar a gente, tia! Parabéns e beijão!

Adhemar, 06/12/2009.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Selma Barcellos — domingo, 6 de dezembro de 2009 (18:04:21)
Querido, como são raras essas pessoas. Las hay, mas… agulhas no palheiro. Agucemos os cinco sentidos para encontrá-las. E, enquanto isso, escrevamos para elas, sobre elas, com elas.
Nosso lado família nos aproxima, não, Adhemar? Beijos na tia de nome charmosíssimo - Norah.
Beijocas também no poeta.

Comentário por Manhosa — quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 (13:30:46)
Meu Querido Amigo do Coração
O teu valorizar a família… é o que mostra a grandeza do teu coração… e… o espírito superior que tens…
TeAmo
Bjs.

Comentário por Tatiana — quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 (18:57:13)
Ai, ai… Como eu gostaria de ser um espírito superior…
Bjs,
Tati.

Comentário por Noemí — sábado, 12 de dezembro de 2009 (23:59:16)
Não aumente a nossa responsabilidade. Ainda falta muito para chegar perto do ideal. Grata
Noemí