Pesquisar este blog

domingo, 27 de dezembro de 2009

"QUANTA"


No conforto de casa, na acomodação, a vida passa - aparentemente - mais devagar. Até os pássaros vistos da janela parecem parados no céu. Até o sol que entra pela mesma janela nos deixa aquecidos por um interminável instante. E me deparo com a incrível teoria de um estranho, de que o tempo não existe: não existe! Ironia ou revelação? Tento convencer os meus cabelos brancos da simpática teoria. Tento imaginar o espaço, único e monodimensional; tudo ao mesmo tempo agora! A suprema revelação: todas as decisões podendo ser reformuladas, tudo podendo ser revivido de forma alternativa, mais aporfeiçoada - quem sabe? E o verdadeiro dilema ético: arrepender-se ou não, de tudo, ou nada?! e optar por não voltar atrás; ser pretensamente original e viver a própria vida uma vez só, evoluindo e transformando cada ação num eterno momento presente - consciente - conspirando para que a matéria da qual somos feitos mais a energia que atraímos e acumulamos retorne, ou melhor, se transforme em algo cada vez mais interessante; ou, pelo menos, mais útil.

Digamos não às vidas paralelas, àquilo que poderíamos ter sido.

Digamos sim ao que somos e ao que seremos nessa estranha inexistência do tempo!

[Adhemar - São Paulo, 11/08/2005]

NATAL, 2006

Texto escrito em 2005 (aproveitado como cartão de natal em 2006) sobre as considerações de um físico indiano, Amit Goswami, de que o espaço, a matéria e o tempo só existem na nossa consciência. Acho que não entendi bem o que ele quis dizer - talvez sendo até melhor do que se tivesse entendido - porque meu QI de pedra de um maldito materialista custa a admitir a hipótese, por mais fascinante que pareça. E o assunto ainda me intriga, a ponto de, vez por outra, mergulhar nele de novo...

Adhemar, 27/12/2009.

5 comentários:

... disse...

e é samba mesmo...
Feliz ano novo!

Tah disse...

Eii obrigada pelos parabéns =D

Feliz ano novo viu que o ano que se aproxima seja melhor que este...

busquesantidade disse...

Li seu comentário no Edson e fiquei curiosa por conhece-lo. Pessoa inteligente voce. Nada perturbe voce, pois percebo que está mais perto de Deus e do sobrenatural que voce possa imaginar. Voce ja o tem, basta ter calma, muita calma. Abraco fraterno. Lourdes Dias. Um santo ano cheio de novidades a voce e todos os seus.

shintoni disse...

Adhemar:
Seu lindo poema foi postado hoje no Duelos, no Tema do Mês, ok?
Valeu mesmo!
Abração, tudo de bom e Ótimo 2010!

Adh2bs disse...

Comment by Selma Barcellos — Monday, 28 de December de 2009 (15:09:25)
Meninoooo, dois textos inspiradíssimos! Epifania. Se,como refletiu Elliot - o passado e o presente são o futuro eternamente vindo a chegar -, "digamos sim ao que somos e ao que seremos nessa estranha inexistência do tempo!". Beijocas com fogos já espoucando. Está ouvindo?

Comment by Tatiana — Wednesday, 30 de December de 2009 (08:45:10)
Isso mesmo. Nada de olhar pra trás, de fazer listas dos melhores e piores de 2009... Que venha 2010! Bom ano pra ti. Beijos, Tati.

Comment by Manhosa — Friday, 1 de January de 2010 (13:52:25)
Querido Amigo do coração... Creio mesmo que o tempo dividido em fatias... anos... de fato não existe... o criaram para o comercio das datas... Temos é uma existência programada neste 'Planeta'... Devemos simplesmente ser... de acordo com o nosso acordo com o Pai Maior... TeAmo Bjs