sábado, 20 de fevereiro de 2010

ANTIORAÇÃO


Deus me livre e guarde
do rancor, da angústia,
- antes que seja tarde -
e da antiga renúncia.

Deus me proteja e aguarde
uma penitência breve
desse pecado que arde
merecendo pena leve.

Deus me ajude e socorra
nessa aflição tão urgente
e que me benza, antes que eu morra,
ou melhore daqui pra frente.

Deus me acompanhe - e me ature -
na Sua infinita afeição,
pois afinal, me segure,
sou Seu filho de criação...!

Deus me perdoe - também -
essa irreverência rasteira
na Sua bondade - amém -
desculpando esta brincadeira!

[Adhemar - Ibiúna, 27/10/2009]

2 comentários:

busquesantidade disse...

Isto sim é que é uma verdadeira oração. Oração que sai do coração... rimou.rsrsrs... Deus ama quem tem coração assim, coração de criança. Ele ama gente assim, saiba disto. Abraço fraterno. Lourdes.

Adh2bs disse...

DO OUTRO BLOG:

Comentário por caurosa — sábado, 20 de fevereiro de 2010 (14:50:45)
Meu caro amigo poeta Adhemar, Deus sempre nos perdoa e desculpas, pois as nossas brincadeiras poéticas fluem de forma simples e ingênua, com muita pureza e alma limpa.
Paz e harmonia em seus dias,
Forte abraço
Caurosa

Comentário por Manhosa — segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 (21:00:29)
Amigo do Coração
Deus é o Pai maior… nos ouvem… acarinha… abraça…
Tenho certeza que esta tua poesia o comoveu…
Não foi não uma brincadeirinha… não…
Foram verdades que vieram lá do fundo do coração…
Bjs.