Pesquisar este blog

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Toc, toc, visita!


Venha de lá um abraço
pra apertar essa saudade velha!
E a família, a parentada?
Na toadinha de sempre?
E a comida apimentada,
ainda te faz correr de repente?

Venha de lá; e as notícias?
Tudo está como antes?
E os amigos, os vizinhos?
Todos estão sozinhos
ou continuam comediantes?

E o Fulano? Morreu?!
Que coisa triste, não diga!
E aquela tal, sua amiga?
Casou, viajou, enricou?
E o seu Zé do boteco,
que batizava a cachaça,
fazia drinque de treco!

Venha de lá mais uma,
pelo menos uma cervejinha.
Ah, já não bebe - o doutor?!
Mas que receita mesquinha!!!
É o coração? É o amor?
Ou a malvada da Cidinha?

Venha de lá um água,
pra tomar esse comprimido...
O quê?! Me viu, relembrou...?
Ou só ficou deprimido?
É só saudade da turma,
da escola, do circo, do amigo!

Valeu, leve de cá um abraço,
foi bom te rever, volte sempre.
Abrace a todos por mim
com muito alarde e estrépito.
Tudo de bom pra você
e mais uma coisa, ah! Sim:
vê se troca de médico...

[Adhemar - São Paulo, 09/12/2009]

2 comentários:

busquesantidade disse...

Toc, toc, visita! Legal quando alguém ou alguma coisa faz este tal toc, toc, na porta de nossa casa, ou na casa de nosso coração. Bom... muito bom... este toc, toc, mesmo que seja algo ou algum sentimento, que nos traga saudade. Gostei Adhemar, amigo virtual, espero que posso me considerar assim. rsrrs... Você escreve livros, fora este livro virtual? Você é escritor? Se for... Me dê os nomes de seus livros. Abraço. Lourdes Dias.

Adh2bs disse...

Comentário por Selma Barcellos — terça-feira, 2 de março de 2010 (23:12:09)
Fooooofo, meu amigo Adh! Saudades!
Beijocas da Selma