Pesquisar este blog

sábado, 20 de março de 2010

CINEMA


Numa rima uma guinada,
numa quadra uma canção.
Tal quimera, quase nada,
bate fundo uma emoção.

Rima rica, rima pobre,
lá se foi um coração.
Amplos braços, gesto nobre,
emocionada entonação.

Uma poesia, alegoria,
uma alegre criação.
Algazarra, alegria,
bate o pé e bate a mão.

Um aceno, uma criança,
brincadeira e decisão.
Um amor, uma esperança,
luzes, câmera, ação!

[Adhemar - São Paulo, 17/09/2009]

2 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Um poema
um dilema
um problema
a solução
um amor
uma esperança
de entrar
no coração
Grande abraço

Adh2bs disse...

Trazidos do outro blog:

Comentário por Cacá (José Cláudio) — sábado, 20 de março de 2010 (21:20:04)
No ritmo de uma brincadeira de roda.Ê, coisa boa! Abração.

Comentário por Nina — segunda-feira, 22 de março de 2010 (18:51:53)
Luzes, câmera, ação! Adh que bom que você conseguiu colocar “em ação” os selos no blog :D
Mas e neste aqui?…É mais difícil né?
Beijos

Adh2bs
adhbrgsz Reply:
março 22nd, 2010 at 20:04:40
Oi Nina.
É sim, neste qui eu não consegui… Ainda!
Abç, grato pela visita!
Adh

Comentário por Selma Barcellos — quarta-feira, 24 de março de 2010 (13:31:58)
Poeta, ficou ritmado sim! Delícia de ler e sentir!
Beijocas.