terça-feira, 25 de maio de 2010

AO AMOR PRECISO


Em tantos lugares com tanta gente eu te procuro,
entre tantos pensamentos te procuro sempre.
Rosto a rosto, investigando a multidão
num milagre da loucura;
a loucura do coração.

Eu te procuro aonde vou, em tantos cantos,
e deste procurar vou me alentando.
No recôndito mais fundo eu não me espanto,
na mais intensa busca procurando.
Abro meu peito pra soltar meu canto
e somente na esperança te encontrando.

[Adhemar - Campo Grande/MS, 23-24/07/1987]

Ao amor preciso

Este era o título original deste texto, escrito durante outra viagem. Achei que tinha algo em comum com o escrito intitulado "RAIO", que vem logo após (no caso, "antes") deste aqui, mesmo separados por 23 anos de tempo!

Adhemar, 25/05/2010.

RESTAURADO O TÍTULO ORIGINAL, CONFORME FOI COMENTADO.

Adhemar, 03/08/2017

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comment by Selma Barcellos — Thursday, 27 de May de 2010 (14:28:13)
"Abro meu peito pra soltar meu canto e somente na esperança te encontrando." Lindo o segundo título "Ao amor preciso". Beijocas da leitora.