Pesquisar este blog

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Proclamação


Estávamos na ante-sala do consultório. Ele, quase desmaiando em febre e dor de garganta; eu, o amparando. Conversando em voz baixa. Tentando animá-lo. Aí, resolvemos brincar de forca, eu propus, ele topou. Pediu pra fazer a primeira palavra - que advinhei logo a princípio quando falei "letra A". Depois, pra esticar a brincadeira e porque estava curtindo a sacada do garoto - me deixou bobamente emocionado e mais do que orgulhosamente convencido - falei outras letras citando outras palavras que caberiam ali. Até finalmente ver nele um sorriso, espontâneo e lindo.

P/ VS
[Adhemar - São Paulo, 26/06/2010]

Brincadeira
Brincadeira

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por José Cláudio (Cacá) — sexta-feira, 2 de julho de 2010 (05:13:42)
E quem não fica bobo com uma manifestação dessas , que é pura admiração, encantamento, amor?
Abração, amigo! Paz e bem.