Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Cidade em foco

Um desarranjo,
um céu meio cinza e nebuloso,
um calor meio nervoso
e alguém tocando banjo.

Um ranger de mola,
um trânsito do inferno,
muita gente de terno
e alguém numa viola.

Um meio chão,
ora terra, ora asfalto
onde ressoa o som do salto
e ao longe, um violão.

Uma bancada meio alta,
um pregoeiro, um sino;
os risos de um menino
ouvindo flauta.

Só livre meio táxi.
Um rubor de fim de tarde
bem no meio de um alarde
é alguém tocando um sax!

[Adhemar - São Paulo, 29/04/2010]

Cidade e música

No metrô da Espanha e da Itália também é muito comum ter gente tocando nos corredores ou nos vagões a troco de umas moedas. Como é dura a vida de artista ambulante...

Adh, 29/04/2010

4 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Acho que a vida de artista é sempre dura, mas para os ambulantes realmente e pior. Adorei o poema.
bjux

LUmeNA disse...

Bonito poema.

A vida de artista sendo ambulante ou não, é sempre muito dura. Só mesmo uma paixão enorme os mantém vivos, ao belíssimo som do violão.

Abraços,
Lumena

busquesantidade disse...

Muito bom seus textos. Aliás... sou sua fã. Creio que se voce passar do texto virtual ao livro, venderá muito e fará muito sucesso. Sou profetisa e quando faloooo...rsrrs... normalmente acontece. Forte abraço fraterno. Lourdes.

Adh2bs disse...

Comentário por josé cláudio - Cacá — sexta-feira, 13 de agosto de 2010 (06:13:47)
Ah, se não fosse a música para amenizar.. E a poesia, também, né? Abração, meu caro! Ótimo fim de semana. Paz e bem.

Comentário por Tainá — domingo, 15 de agosto de 2010 (09:55:16)
Olá de novo, Adhemar!
Infelizmente não tenho mais contato com o Hellinho.
E ânimo para voltar a escrever em blog, é difícil eu reencontrar tal. Meu blog era sobre “Marie Kent” minha fiel personagem que me usava para contar suas histórias. Eu ainda escrevo sobre ela, mas deixo tudo guardado.
Já pensei em voltar à blogosfera, mas meus estudos me impedem de tal. Minha dedicação a Arquitetura me tira o sono e me prende nesse mundinho de arte delicioso.
Grande abraço e ótima semana.

Adh2bs
adhbrgsz Reply:
agosto 15th, 2010 at 21:58:26
Então vc é a Tah, ou Tatah! Lembro bem do seu blog e da Marie Kent; e vc afinal enveredou pelo mundo da arquitetura! É muito trabalhoso mas é lindo. Bem vinda ao clube! Sempre haverá de chegar o tempo p/ escrever ou aparecer nos blogs, você saberá. Volte sempre que quiser, se precisar de algo nos estudos de arquitetura é só perguntar. Se eu souber… Respondo! Grande abraço, ótima semana.
Adh

Comentário por Selma Barcellos — domingo, 15 de agosto de 2010 (16:34:45)
Disseste-o bem, Poeta Adh… A arte das ruas suaviza o concreto…
Beijocas!

Comentário por Miriam de Sales Oliveira — domingo, 15 de agosto de 2010 (17:13:25)
Vim retribuir tua visita e enontrei lindos versos e belos temas.
No pátio da Catedral de Barcelona,num fim de tarde,alguém tocava Bach em surdina. Impossível esquecer. Abraços