domingo, 15 de agosto de 2010

HÉRNIAS

No ôco, no toco, no baixo;
no acho, no chute, no louco.
Maluco, eunuco, riacho:
diabo, diacho, é pouco!

Rouco acenando co's braços,
no aço brilhando inteiro.
Nos intervalos, espaços,
no risco, caneta tinteiro.

Breves claros chiados.
Arroubos ufanos diários
dos cavaleiros montados,
corcéis, alazões, relicários.

Fogo, pedras e paus.
Olhares esguios e maus.
No ôco do espaço cabeça,
no pronto pro que aconteça.

No tronco, na bronca, na rua,
o encontro, a palavra e a fé;
na íntima mentira mais nua,
a vítima segue em pé.

Na rima, no clima, no fato,
compasso de sol e de notas
descalças ou com o sapato
caminham pra fora das rotas...

Janelas, janeiros e contras,
pilantras, malandros, janotas,
encantos que, feitas as contas,
são istmos, pedras, ilhotas.

Desperto do devaneio
o poeta lê seu delírio.
Acende no cérebro um círio
e apaga uma idéia no meio...

[Adhemar - São Paulo, 02/05/2006]

5 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Adoro esse jogo de palavras, dá ritmo ao poema.
Bjux

LUmeNA disse...

Que criatividade nas palavras!

Entoar este poema, soa o encanto despido de notas soltas.

Belíssimo.

Abraços,
Lumena

finityster disse...

Isso é que é um dicionário ambulante!
Muuiiittto bom!
Abraços,
Adir

M. Sueli Gallacci disse...

"Desperto do devaneio
o poeta lê seu delírio.
Acende no cérebro um círio
e apaga uma idéia no meio..."

Ando por aqui navegando em doces mares.
Difícil escolher um verso, uma rima, um pensamento: são todos poesia da melhor qualidade. De um lirismo simples e encantador, teus versos tem alma. Alma de poeta.
E o melhor de tudo é que podemos fazer uma interpretação pessoal, só nossa. Vc nos convida a um delírio, gentilmente.

Parabéns!!!

Um Gde abraço.

Adh2bs disse...

Comentário por Selma Barcellos — terça-feira, 17 de agosto de 2010 (18:47:32)
“Desperto do devaneio
o poeta lê seu delírio.
Acende no cérebro um círio
e apaga uma idéia no meio…”
Bom quando relemos nossos delírios… Mexemos aqui e ali ou deixamos como está. Ameeeeeei, poeta!!!
Beijocas.

Comentário por Tainá — quinta-feira, 19 de agosto de 2010 (18:31:11)
Ah fico feliz por ter lembrado de mim e de Marie Kent!
Oportunidades não faltarão para eu voltar aos blogs da vida. Enquanto não dá tempo, fico só de fora, escutando a música e vendo os outros dançarem.
E, com certeza, passarei aqui para sanar as dúvidas!!
Obrigada!
Bjo
Boa semana

Comentário por Tainá — sexta-feira, 20 de agosto de 2010 (20:42:10)
Olá!
Voltei.
Voltei para dizer que só agora vi um recado que você deixou em um blog que montei começo do ano (nãoaceitocriticas).
Devo dizer que aquele, realmente, é um ambiente diferente. Mas tudo isso pq não é meu. Era de minha irmã que, não demorou a enjoar do blog. Peguei para mim de novo, mudei nome e lá está: intacto, esperando minhas futuras postagens sobre (exclusivamente) arquitetura e afins.
Assim que “inaugura-lo”, você será convidado de honra.
Ótimo fim de semana