Pesquisar este blog

domingo, 22 de agosto de 2010

RUMORES


Não dê ouvidos aos boatos,
ignore os murmúrios,
feche-se para as fofocas;
desconte os "teatros",
fique acima do burburinho,
afaste-se das potocas.

Preste muita atenção
às noticias mais sérias
e às defesas de tese.
Considere a informação
de fontes não deletérias,
fidedignas, que se preze.

Passe ao largo das mentiras,
deixe pra lá a história
em que só se crê por favores.
Mas afine as suas antenas
e prepare a memória
para guardar os rumores.

[Adhemar - Santo André, 13/10/2008]

2 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

O rumores, são prenúncios de coisas sérias, normalmente onde há fumaça , há fogo.
Bjux

Adh2bs disse...

Comentário por Selma Barcellos — segunda-feira, 23 de agosto de 2010 (16:41:55)
E são tantas as mentiras… Como são tantas as verdades. Que saibamos do balanço entre elas. Aí reside a justiça. E a dificuldade.
Beijocas, poeta!

Comentário por josé cláudio - Cacá — segunda-feira, 23 de agosto de 2010 (17:29:09)
“Às vezes é sua inimiga a verdade
Às vezes é sua aliada a mentira
Aquilo que a vida nos dá e nos tira
Não anda de braços com a sinceridade
Por onde será que é mais curto o caminho
Qual deles mais sobre
Qual deles mais desce”
(Verdades, Mentiras - Sá e Guarabyra).
Me trouxe à lembrança. Abração, Adhemar! Paz e bem.