Pesquisar este blog

domingo, 26 de dezembro de 2010

Silêncio culpado

Não dizes nada?
Não olhas para o lado de cá?
Teimas em te esconder?
Foges de tudo...

Sabes o que és
e não queres acreditar.
Silencias para não te comprometeres.
Exultas, pois, que lançam de ti o espírito
ao cerne da pira acesa.

Não pensas que podes alçar um vôo
e que dessa negra pira podes escapar?!
Podes!
Queres, também!
Hesitas, pois te parece a liberdade um tanto cara;
mas podes pagá-la com teu sangue,
com o sangue do teu coração.
E não imagines que desfaleça
pois teu canto de guerra te acalenta.

Investe contra o destino,
que tua vitória te espera!!!

P/ MG (ou será que foi pra mim?!)
[Adhemar - São Paulo, 23/05/1987]

2 comentários:

Folhetim Cultural disse...

Olá parabéns pelo trabalho e pelo blog. Gostaria que visitasse meu blog que é este: informativofolhetimcultural.blogspot.com
nos siga abraços
Ass: Magno Oliveira

Adh2bs disse...

Comentários no outro blog:

Comentário por Selma Barcellos — segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 (21:12:24)
“Investe contra o destino,
que tua vitória te espera!!!”
Poeta, com estes seus próprios versos, venho lhe desejar um Ano fantástico e vitorioso.
Beijocas afetuosas!

Comentário por Gaby — terça-feira, 28 de dezembro de 2010 (11:02:44)
olá ….
Quem é vivo sempre aparece rsrsrsrs…
Tô passando por aqui pra lhe desejar muitas
felicidades neste novo ano que se inicia e nela
traga alegria, paz e muita saude…
Dei uma sumida do meu blog a correria do dia a dia
não é facil mais volta e meia apareço é logico
lembro dos amigos e apareço.
felicidades pra toda a familia….
GABY

Comentário por julio rodrigues correia — terça-feira, 4 de janeiro de 2011 (21:07:21)
Poema de uma construção bela, com versos da melhor qualidade.