Pesquisar este blog

domingo, 10 de abril de 2011

Ópera

Já perdi o rumo por distração.
Já tropecei na rua,
por um pedaço de mau caminho
e perdi a condução.

Já fiquei olhando o céu
e contando os passarinhos
enquanto o pessoal, desesperado,
fugia do fogaréu.

Já fui bombeiro, bom menino,
jogador e bacharel.
Até hoje ainda sonho
sorrindo devagarinho.

Já virei noites dançando,
já estendi o meu chapéu.
Já dei esmolas generosas
e vi o tempo passar voando.

Já abracei e fui andando,
olhando apenas pra frente;
me igualei pra ser diferente
e já fui, estou voltando...!

[Adhemar - São Paulo, 31/08/2010]

Nenhum comentário: