Pesquisar este blog

domingo, 25 de março de 2012

ALTIVEZ

Entre dores sucessivas,
o pecado da soberba.
Atitudes compulsivas,
grandes ganhos, grandes perdas.
Amplidão e resistência,
resolução e grande gesto.
Elocubração, ciência!
Um tratado, um manifesto.
Mas a atenção de fato,
só prestando bem de perto.
Algumas pedras no sapato
e a vida? Rumo incerto. 
Bem no peito, bem no fundo
vou vivendo uma certeza:
que não há força no mundo
pra vencer a natureza.
 Resistência a tanta dor,
tristeza e superação;
por não viver do amor
que guardo no coração.
[Adhemar - 26/10/2007]


Arquivado em: Poesia I Comentários (2)

Nenhum comentário: