Pesquisar este blog

domingo, 13 de maio de 2012

PRECAUÇÃO



No amor, como na vida, me acautelo
pois, ainda que doido, eu me preservo.
Pelo que o amor tem de louco e tem de belo,
pelo que tem de escravo e de servo.
Na paixão, como no amor, eu me seguro
pois é um desassombrado desagravo.
Pelo que o amor tem de guerreiro e de puro,
pelo que tem de indócil e de bravo.
Na paixão, como na vida, eu observo
um pulsar aflito e constante;
no angustioso desenlace eu me enervo,
é a paixão o amor num só instante.
De todo este sentimento eu me defendo
e sigo minha trilha sempre em frente.
De amor e de paixão o que eu entendo
é que sei que vou te amar eternamente.
[Adhemar, para S.M. - Sto. André, 10/05/2007]
Precavido…
Escrito exatamente um ano atrás, para a aniversariante do dia seguinte. Colocado hoje aqui pra ela, pois amanhã, além de seu aniversário, é dia das mães! Com a minha agilidade sensacional, o deste ano a gente leva a conhecimento público (inclusive da interessada) em… 2009!!!
Em tempo: nossa mais sincera homenagem às mães, essa entidade tão presente e fundamental na nossa vida; pra quem a gente, mesmo depois de burro velho, ainda é "minha criança", "meu menino", "meu filhinho" e assim por diante… À minha, D. Noemí, um abraço muito especial. Ela sabe que não preciso dizer mais nada além disso, nossa grande amizade, enorme cumplicidade e silencioso entrosamento transcendem essa relação materno-filial. Estas palavras foram acrescentadas aqui só por… precaução!
Adhemar, 10/05/2008.
Arquivado em: Poesia I Comentários (1)


Prevenção

Então, de novo, a mesma história se repete em 2012. Escrevi para aniversariante na véspera do aniversário, dia 10, fizemos o cartão e o entregamos no dia certo, dia 11, e quem sabe em 2013 aparece aqui! Feliz dia das mães a todos, vamos homenageá-las respeitando-as o ano todo e relembrando com saudade as que por acaso ou destino estiverem ausentes.
A gente devia falar também da libertação dos escravos, mas aí era misturar muito assunto parecido... Mães e filhos, quem é escravo de quem??

Adhemar - 13/05/2012

Nenhum comentário: