Pesquisar este blog

sábado, 2 de junho de 2012

NOITE SUAVE

Doces perfumes,
paz,
praias e mar.

O sol nascendo e se pondo,
reflexões.
Sabores novos,
esperanças,
um novo lugar.
Vento constante,
tranqüilidade.

Os pensamentos saneados e leves,
alegres,
numa expectativa positiva.
Torcer?
Pedir a Deus que interceda?
Aprender a renovar o que se sabe?
Sim.
Doces perfumes.

[Adhemar - Aracaju, 28/01/1988]

Arquivado em: Poesia I Comentários (1)

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Gaby — quinta-feira, 25 de junho de 2009 (11:45:25)
Olá
Que poesia gostosa…
como sempre seu blog tá tudo de bom !!
Felicidades