Pesquisar este blog

sábado, 29 de setembro de 2012

POLARIDADE

Na intensidade do momento
na imensidão
na urgência de movimento
intenção...

Na obtusa conclusão
na adversidade
na face oculta da razão
oportunidade...

Na melhor parte da verdade
na própria mão
na violenta crueldade
um coração...

Na flor, no amor, na paixão
na cidade
na intensa visão
liberdade...

No fogo, na falsidade
na discussão
no discurso, na piedade
no perdão...

Na sombra do pavilhão
morosidade
no ar e na contramão
perenidade...

Na forja, na umidade
forno e fogão
Espera e contrariedade
emoção...

Às claras, exposição
novidade
verso, inverso, morosidade
decepção...

[Adhemar - Ibiúna, 28/09/2010]

Um comentário:

C@urosa disse...

A poesia de qualidade fluindo por aqui, meu poeta amigo Adhemar, com a intensidade que faz vida...a crônica poética da vida...parabéns.

forte abraço

C@urosa