Pesquisar este blog

domingo, 30 de setembro de 2012

TRECHO

Na imobilidade do momento
nos curtos passos do longo tempo
- pequeno trajeto -
pequenos trejeitos.

Um espaço logo ocupado
nos curtos passos do longo tempo
- um passado -
aparências e fantasias se enlaçam
num pronto bailado.

Na imobilidade dos movimentos
um momento pesado.
Inúmeras considerações
pequenos trejeitos.

Nesse abraço dessa dança sem jeito
o amor atordoado.
O coração manda no trecho
no direito
no pecado.

Nos curtos passos dança e tormento
um doce alimento
de um apaixonado...

[Adhemar - São Paulo, 26/01/2012]

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá, estou iniciando minha graduação em Arquitetura, na curiosidade de descobrir algo sobre o meio profissional, admirei sua criatividade e seu conhecimento.
Gostaria de adquirir conhecimento sobre arquitetura e seu contexto, vi que você tem experiencia nisso...

meu email pra contato: jee.cica@hotmail.com.

Sou grata, por ler esta mensagem.