Pesquisar este blog

sábado, 3 de novembro de 2012

CICLOTIMIA

Descobri, aos quase cinquenta anos, que a vida começa sólida, Certezas permanentes, gente cuidando da gente, alimentação garantida e abraços quentes. Na medida em que vamos crescendo, tudo vai se desmanchando.

Descobri que a supressão de nossa ignorância e o crescimento da consciência vão nos sufocando. Certezas insustentáveis se sucedendo, tudo ruindo. Considerações absurdas sobre o mundo vão se multiplicando e várias portas vão se abrindo.

Descobri que as portas não levam a parte alguma. Certezas apavorantes nascendo, mais conhecimento gerando mais dúvidas. Vamos nos tornando reféns dos acontecimentos. Quanto maior nossa experiência, menos controle. Entregamos as rédeas do nosso mundo a um cocheiro fantasma que não as pega - e fica rindo.

Descobri que o processo, apesar de cruel, é lindo. Certezas suspeitas são presas, vão se julgando, A paz nunca chega, melhor continuar lutando.

[Adhemar - São Paulo, 16/07/2012]

Nenhum comentário: