sábado, 29 de dezembro de 2012

DESENHO


"Desenhar é mais fácil que escrever. Até riscos aleatórios dá pra justificar, atribuir sentido; se não, pode-se - sempre - inventar."
"Desenhar permite a mão mais livre. Alinhar mão e mente é opcional, alternativo. Desenhar? Até de olhos fechados."
"Escrever é mais… compromisso. Movimento organizado, mãos e mente em sintonia, olhos atentos."
"Escrever é escutar o que vai por dentro, é escolher mais do que chutar embora sem alternativas presentes."
"Escrever é ser um cúmplice de si mesmo para assaltar a razão e os sentimentos, incomodar o alheio."
"Escrever é filosofar irremediavelmente, sem poder esquecer ou contrariar: escrever é deixar um testemunho silencioso, mas muito vivo; se revelar sem nenhuma sutileza nem disfarce."
"Escrever é desenhar de modo completamente inteligível; é confessar, datar e assinar. E não dá pra se esconder nas entrelinhas…"

[Adhemar - S. Paulo, 27/02/2004]

Nenhum comentário: