Pesquisar este blog

sábado, 15 de dezembro de 2012

ENCONTRO



Perdoe a boca amarga, 
os olhos vermelhos, 
o ar distante.

Perdoe o beijo roubado, 
o coração calado, 
a indiferença constante.

Perdoe as contradições, 
a retaguarda exposta 
e as trincheiras cavadas.

As batalhas travadas, perdoe, 
bem como a fuga, 
a presença e a fome.

Perdoe os versos confusos, 
o pneu furado 
e a chuva lá fora.

Perdoe a cama desfeita, 
as malas feitas 
e o adeus de agora.

[Adhemar - Sto. André, 01/11/2004]

2 comentários:

Adh2bs disse...

COMENTÁRIOS FEITOS À ÉPOCA DA PUBLICAÇÃO NO BLOG ORIGINAL:
Comentário por Lucas — segunda-feira, 28 de abril de 2008 (13:06:45)
compartilhando pavaras, então.
prazer.
Comentário por Katucha — segunda-feira, 28 de abril de 2008 (16:14:26)
Triste…lindo…emudecedor…
O que mais a dizer?…
Bem, obrigada por passar no meu blog e pelo recado realmente reconfortante…gostei muito…
Grande beijo…
Katu…
Comentário por Carla — terça-feira, 29 de abril de 2008 (03:53:26)
Vim retribuir sua visita e agradecer.
Adorei o que li em seu blog, continue assim.
Beijo
Comentário por Manhosa — quarta-feira, 8 de outubro de 2008 (23:04:26)

para mim… ficou longe de um encontro…
Desencontro talvez…
Para o mundo…
Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Adoro esse jogo de palavras. Ficou ótimo.
Abração