Pesquisar este blog

quarta-feira, 5 de junho de 2013

DIAGONAL

Olhar enviesado, travessia.
na distância,
no cumprimento dos compromissos,
nos sons confusos,
no processamento
e numa suspeita atitude.

Uma certa palidez,

um tremor,
o pavor de um momento.

Um certo silêncio 

para sempre perdido,
uma sequência,
uma consequência dos atos impensados,
inspirados e circunspectos.

Olhar exato, contido,

preciso mas ainda enviesado;
atravessado, atalhado,
dramático e decidido.

Olhar profundo,

olhos fechados,
tempo parado...
Paira no ar uma eletrizante corrente
de sentimentos controversos.

Linhas suaves,

balanço controlado,
presença marcada por leveza.

Enfim olhar satisfeito

e o espírito mais bem preparado
pelos e para os próximos momentos...

[Adhemar - Santo André, 25/06/2007]

Um comentário:

Wanderley Elian Lima disse...

A comunicação dos olhares, para que palavras?
Abraço