Pesquisar este blog

domingo, 30 de junho de 2013

INTERSECÇÃO

Um exercício de retórica:
fachada de austeridade e força.
Apesar das aparências
mas visível além da dor,
existe um ponto fraco;
não revelado mas revelador.
O prumo, a pose, o porte.
Nada mais importa
se o espírito está quebrado.
Mas há no mundo dor maior -
não que console ou resolva;
apenas demonstra que há conserto
para o que está diante
do que vai errado.
Atravessando o tempo,
atravessando o espaço:
mudo e declarado!
[Adhemar - São Caetano do Sul, 18/05/2005]

Um comentário:

Adh2bs disse...

COMENTÁRIOS DA POSTAGEM ORIGINAL:

Comentário por isa — terça-feira, 1 de julho de 2008 (11:19:27)
Olá meu amigo, eu ainda ando convalescendo pela perda do meu amigo PC… mas sempre q posso dou uma voltinha no Laptop do filhote. Adorei ler teus novos posts! Quanto a este, concordo com o q vc diz, pois o tempo e o espaço são os maiores aliados… quando a dúvida ou a incerteza e até mesmo o medo se apossam do nossa alma, o espírito adoece. Mas o tempo com a sua sabedoria e o espaço com a sua neutralidade, tudo conserta, fazem com que tudo volte a se encaixar.
Uma grande beijoka
Isa

Comentário por Bárbara — terça-feira, 1 de julho de 2008 (16:05:12)
Olá! tudo bem??
Sumi esses dias, agora voltei!!
Adorei quando fala:
existe um ponto fraco;
não revelado mas revelador!
Ah sim... eu me vejo assim em vários momentos, tentando esconder algo que me revelará de qualquer forma… Mt lindo o que escreveu
bjs

Comentário por Érica — terça-feira, 1 de julho de 2008 (16:32:46)
Você é muito bom com palavras, praticamente brinca com elas!
Lendo os post, estou adorando… faz pensar
“Apesar das aparências
mas visível além da dor,
existe um ponto fraco;
não revelado mas revelador.”

Comentário por NBS — terça-feira, 8 de julho de 2008 (01:15:16)
O talento sempre por mim (grande coruja)acreditado, aqui e agora revelado. Parabens e muito obrigada
NBS