Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de junho de 2013

TRAJETO E CADEIA

Trajeto…
Hora cara.
Rastreamento, limpeza, reflexo.
Essência do amor.
Alinhamento aleatório
de novos e antigos conceitos.
Formando projetos.
Conveniências.
Acessórios genuínos.
Mundo avesso,
autorizações e mandados.
Tudo compreendido entre duas extremidades:
opção e ação.
Manchas nos olhos
toldando a visão.
Luz de velas,
todos vivos,
velando a escuridão!
Cadeia…
Disco desconto dez contos.
Torno contorno coturno.
Mulher melhor meu olhar.
Poesia, pó e azia, pô! É a Ásia!
Oculta, ó culta! É curta.
Associação só social há só ação.
Contágio contagem quanta gente!
Passaporte passa a porta passa e aposta.
Contato com tato comodato.
Partida partitura par de atitudes.
Relação reação releitura.
Agita a gente agente.
Dormente tormento da mente
o escuro obscuro obtuso
contudo com tudo contente;
teimoso ter mais, terminou.
E não há nenhuma dúvida:
definitivamente endoidou!
[Adhemar - São Paulo, 06/05/2005]
Delírio
Não lembro se estava com febre, ou de fogo… O fato é que… Também não entendi!!!
Adhemar, 21/06/2009.

2 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente endoidou de vez.
Abraço

Manhosa LobaVirtual disse...

Sou a Manhosa... Saudades...
Custei a te encontrar... risos... Andei afastada... mas... continuei escrevinhando...
Não consegui abrir o teu blog através do meu...
Não vou mais te perder...

Bjs.

amanhosalobavirtual.blogspot.com