Pesquisar este blog

domingo, 15 de setembro de 2013

DORES

Sensações, vertigens
sobre o ar olhando o mar.
Pés que apontam direções.
Formas, fôrmas, formatos
nuvens longe do chão.
Aproximada confusão,
músculos e ossos
moídos numa contramão.

Subir outra vez no vento
espiralando em voltas soltas...
Gotas de suor,
lágrimas de emoção.

[Adhemar - Roma, 13/04/2013]

Pallazzo Morando, Milão (foto: Adh2bs)

Pallazzo Morando, Milão (foto: Adh2bs)

Pallazzo Morando, Milão (foto: Adh2bs)

Pallazzo Morando, Milão (foto: Adh2bs)

Pallazzo Morando, Milão (foto: Adh2bs)

Pallazzo Morando, Milão (foto: Adh2bs)

Um comentário:

Sueli Gallacci - artista plástica disse...

Adhemar, Teus poemas são de uma sofisticação arrojada! Adorooo isso!

Ameeeeei ‘TECNOLOGIA’ !!!

“Produção massificada,
aquecimento global,
internet controlada,
coração artificial.”

Quanta verdade, e pensar que vc escreveu em 2007. Será sempre atual como se tivesse sido escrito ontem.

Grande abraço cheio de saudades!!