segunda-feira, 30 de setembro de 2013

PREMISSAS

As flores são coloridas, o céu é azul - porque estou afirmando…
Por que não gosto de esgotar o tempo em buscas inúteis? Há sempre a possibilidade de urgências mais sofisticadas a respeito do que fazer.
Há tempo, pouco tempo para o que seja realmente efetivo e importante.
As restrições sempre nos conduzirão a um estado de tensão permanente. Assim, enquanto o tempo escorre lento - mas implacável - uma súbita aflição pelo que não fizemos nos invade; daí certas urgências nos satisfazerem enquanto as atendemos e o tempo dispendido no inútil ou no desinteressante nos irrita ou nos decepciona.
Enfim: como não dizia o poeta, viver é preciso e, navegar também!
[Adhemar - São Paulo, 15/07/1996]

Um comentário:

Jéssy disse...

Sempre estamos correndo contra o tempo em tudo e esquecemos de nos ater a coisas que façam o tempo vivido valer a pena, afinal, o tempo passa como areia fina entre nossos dedos e não há como fazê-lo parar, temos sempre que nos adequar ao tempo. Não podemos parar de viver nossas responsabilidades, mas nosso bem-viver tem que ser uma delas!
texto incrível, meus parabéns