Pesquisar este blog

domingo, 27 de outubro de 2013

LINHAS

"O compasso invisível traça arcos imaginários. A ponta fixa gira acompanhando a ponta que risca o mundo em pensamento e saudade. Do alto quase se vê esses arcos e ângulos diáfanos gerados pelo movimento da ponta móvel do instrumento. O mundo é o papel, o mapa do cartógrafo, do comandante do navio. É uma reprodução dos caminhos que se lê nas estrelas, que indicam e refletem a ponta do compasso que se mexe enquanto a ponta sêca apenas gira seguindo e olhando para onde vai você."
[Adhemar - São Paulo, 09/10/2007]
Pavilhão (no centro da foto) comercial em Barueri / SP - de uma grande empresa nacional que reformamos em 2002, interna e externamente, instalações, asfalto, guarita, paisagismo. Foi um intenso trabalho físico realizado em prazo muito curto, mas que deu uma enorme satisfação em fazer.
Adhemar - 08/04/2008.

Nenhum comentário: