sábado, 9 de novembro de 2013

ANTOLOGIAS ERRÁTICAS

Quando formos fazer um exercício de retroagir ao passado, espicaçando as lembranças do que fomos ou do que fizemos, teremos de por à prova uma fértil imaginação para recriar uma realidade virtual mais generosa - em julgamento e conteúdo.

Vamos separar essas memórias em capítulos, tipo: origem e infância, adolescência e heroísmo, maturidade e experiência. Vamos pintá-los todos em tons que vão do benevolente ao condescendente, pincelando aqui e ali uns tons de exaltação berrante.

Para terminar, o epílogo, concluindo num monumental e inevitável auto-indulto...

[Adhemar - São Paulo, 06/10/2010]

Nenhum comentário: