Pesquisar este blog

sábado, 2 de novembro de 2013

"VIRTUNSTÂNCIAS"

Paro por um momento olhando para as árvores. Tento vislumbrar o futuro em contraponto ao passado: paralelos.

A saudade é uma névoa esquisita que embaça a visão para frente e impede a visão para trás. Os fatos estão ali, nítidos, mas disfarçando-se confundindo-se entre si.

A saudade será mais outras noites sem dormir.

P/ Júlia Iandoli de Oliveira Braga
[Adhemar - São Paulo, 25/12/2011]

"Circunstudes"

Escrito no dia seguinte ao do seu falecimento, no meio do aturdimento da dor da perda que, apesar de anunciada por tanto tempo, sempre indesejada... 
Hoje a Vó Júlia estaria completando 99 anos.
Passamos - família reunida - aquele Natal em torno dela, como em todos os anos anteriores desde que me lembro. Ano passado falhamos. Pouco esforço de alguns, aparente desinteresse de outros...
Quem sabe este ano recuperamos esta tradição tão gostosa e da qual sinto falta...

Adhemar, 02/11/2013

Nenhum comentário: