Pesquisar este blog

terça-feira, 6 de maio de 2014

VERSOS QUENTES

Calor.
Suave e quente energia.
Envolvente vapor de afeto.
Nem súbito, nem apressado;
os corpos se aquecem e se movimentam.
Atração inevitável e normal.
Perseguição, captura.
Nuvens passando discretas
encobrindo aventuras secretas e reservadas.
O sol pensativo nas forças que pode fixar
para o amanhã radioso e perfeito.
Perfeito é o teu corpo,
mulher protetora,
de abraço quente e terno.
Poesia.
Poesias são essas palavras mal alinhavadas
que o aventureiro joga no tempo
em tempos difíceis.
Toda a poesia é feita com um pouco de tristeza.
Tristeza melancólica.
Toda poesia contém também
a alegria passageira,
de passagem,
clandestina e sorrateira.
Toda a poesia escrita perde o sentido.
Poesia é para ser vivida
como a poesia que eu vivo contigo.
P/SM[Adhemar - 09/01/1989]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário no original:

Comentário por Manhosa — sábado, 2 de maio de 2009 (18:17:44)
A poesia ditada por um coração apaixonado… agasalha a alma… atiça o coração…
Bjs.