Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de julho de 2014

FLORENÇA DAS ARTES

Há um certo cinismo pairando no ar. Um frio calculado, uma superioridade estabelecida; como se a arte e as habilidades inequívocas dos grandes artistas encerrem um ciclo em si, jamais a ser alcançados pelos atrevidos mortais que ousam andar por aqui.

Há um certo temor estampado no ar. Um afobamento açodado pelo receio permanente de que os invasores desrespeitem ou destruam alguma obra rara que eles tem tanto trabalho em cuidar, conservar, restaurar. O seu zelo constante, que merece respeito, chegando a assustar.

Há um certo cuidado evidenciado no trato. Ainda um pouco formal e muito educado no jeito afável de receber tanta gente. Há um orgulho mal disfarçado pela beleza da terra que é berço das artes. É o jeito normal do abraço ao turista, mesmo que não muito apertado...

[Adhemar - Florença, 14/04/2014]

Proteção de escadaria antiga em Sta. Maria Novella (fotos: Adh2bs)


Arte nas vitrines das lojas (fotos: SM)


Detalhe de vaso florido na rua (foto: SM)

Pintura de Michelangelo (retratando San Lorenzo) na Capela Medici (foto: Adh2bs)

Mostra de arte contemporânea na galeria do Palazzo Medici (foto: SM)

Pinturas no Palazzo Medici (fotos: SM)



Nenhum comentário: