Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

AMIGA POÉTICA...

Poesia;
hoje, como em qualquer outro dia,
em ti me apego.
Confuso,
me confesso do amor
um viajante em regresso.
Arrependido,
me apresso em perdões de penitência.
Poesia,
tende paciência.
Se fui pecador não mereço de ninguém
o apreço maior.
Poesia,
sem meias palavras:
do teu sangue eu me alimento
e te faço de mim mais atenta,
mais lúcida e mais sentimentos
que afogarão no meu peito
as mágoas do meu coração.
Poesia:
perdoa teu filho
que atrai tantos sofrimentos
pra quem lhe suspira de amor.
[Adhemar - São Paulo, 14/05/1987]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por caurosa — quinta-feira, 16 de outubro de 2008 (22:39:27)
Meu caro Adhemar, que belo declaração de amor fraterno, pela eterna amiga. Paz e harmonia para você.
Forte abraço.
CAUROSA - caurosa.wordpress.com

Comentário por Edmilson — sexta-feira, 17 de outubro de 2008 (11:28:31)
Edmilson pergunta
Daisy responde
Daisy tenho um amigo aqui que perguntou o seguinte
E transmissão de pensamento, telepatia e teletransporte de energia, onde se enquadram ?
Telepatia não existe
É o mesmo sistema telemental escrito antes
Quanto ao teletransporte
É o mesmo teletransportador
Fazendo isso sem mover mental
Apenas aparecendo em forma energética
Mostrando objeto flutuando
Ou
Fazendo cair quando está suspenso
Na magia também chamado cadeira que voa
Sobe e desce sem controle mental apropriado
Na mais pura sensação isto é pura bruxaria
Sem noção do perigo para pessoa
Próxima do evento assistindo
Ou
Querendo ver
Claro você sabe
Isto é apenas ficção científica
Ou fruto da imaginação do autor

Comentário por ICH LÍEBE DÍCH — sexta-feira, 17 de outubro de 2008 (13:34:12)
Poesia…aflora,acontece….
Falar de poesia… em poesias…
é falar com quem gosta de se expressar, se mostrar.É se encontrar com almas sonhadoras, romanticas….e deixar a imaginação fluir….sem medo de se tornar ridiculo!
Adorei sua poesia, há poesia….muito linda.
Bjs..
Dina

Comentário por Juliano — sexta-feira, 17 de outubro de 2008 (14:41:18)
são poucos os que pensam como você, mais os que pensam como você e escrevem com alma com você muitas vezes são os que fazem a diferença neste mundo !
abraço brother !

Comentário por Érica — sexta-feira, 17 de outubro de 2008 (15:26:45)
Se eu pudesse passaria por aqui todos o dias só para ter sempre a sensação de uma “pós-leitura” dos seus poemas… são simplesmente fantástico, bem, espero q não ache ruim, mas tenho mostrado os meus poemas (que na verdade são seus rsrrs) preferidos à alguns amigos amantes da poesia, certa vez ficamos um tempão comentando no invalo da aula sobre o “Generalidades amenas”, mas chegamos à conclusão de que só o autor poderia dizer alguma coisa e ter toda razão rsrsr
abraços
excelente fim de semna!

Comentário por Daisy — sexta-feira, 17 de outubro de 2008 (15:41:33)
Espero que a Daisy do comentário do Edmilson não seja eu, porque se tiver sido, não estava em condições de responder!!!
De resto, outra destas poesias que me encantam. Devagar você está se tornando meu poeta favorito. Fernando (o Pessoa) que se cuide!
Beijo.
Daisy