Pesquisar este blog

sábado, 6 de setembro de 2014

CAMPEONATO DE POTOCA (8)

PSICOPATA DELIRANTE
              Tenho uma fobia extrema por espaços fechados, principalmente se tiver de permanecer neles por longos períodos. Mas eis que precisei viajar de avião. O destino, longínquo, obrigaria uma longa travessia pelo mundo, em grande altitude. Bati o pé! Como poderia fazê-la? Sugeriram sedação, congelamento, hipnose. Sugeri navio. Vetaram, não havia tempo. Já presa da claustrofobia angustiante e aversiva que antecipadamente me acometia, ocorreu-me indagar se não havia um avião com "teto solar". Não um desses equipamentos comuns, retráteis, evidentemente! Mas um fixo, apenas transparente, através do qual poderia se observar o céu mais de perto. Seria uma atração à parte, bem turística, não é mesmo? E me felicitava intimamente pela brilhante idéia porquê, enquanto fabricassem o tal avião, daria tempo pra ir de navio!
              Mas acontece que o tal avião já existia. O andar mais alto, coberto por um material especial, altamente resistente e perfeitamente cristalino, desenvolvido justamente pra se olhar o espaço! Foi com muito frio na barriga - e na espinha - que embarquei na geringonça voadora, no lugar mais alto e com a mais ampla a vista. Motor silencioso apesar da potência, nem senti o trambolhão decolando. Mas bem na hora de desfrutar a paisagem… Acabei acordando!!!
[Adhemar - São Paulo, 27/10/2007]
Delírio psicótico…
Na verdade, sonhei realmente que estava num avião do qual podia se ver as estrelas pelo teto. Tenho, sim, um certo receio de voar que não chega a ser um medo aterrador; mas detesto visceralmente a sensação de estar fechado num charuto com asas, as diferenças de pressão e a barulheira do motor. Apesar de que, segundo um conhecido meu, quanto mais barulho estiver fazendo o motor, melhor…
Adhemar, 20/07/2008.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comment by Bárbara — Monday, 21 de July de 2008 (14:05:48)
Olá..tudo bem? Então, eu conheço a resvista Caros Amigos sim, às vezes eu leio, promove a reflexão ehhe. BOm, mas em relação ao assunto..pelo visto não sou a única que não gosta de lugares fechados. Eu sempre durmo de porta aberta, essa noite eu sonhei que fecharam a porta do meu quarto, e ai pessoas horriveis veio me me atormendar. Aí o inevitavel aconteceu, gritei e acordei super assustada..minha mãe veio correndo ver pq eu gritei acordei até os vizinho eu acho ahahha bjs

Comment by Daisy — Tuesday, 22 de July de 2008 (20:55:40)
Embora tenha viajado muito, continuo tendo medo de avião! Se, nos meus vinte, pensava duas vezes para embarcar, agora, penso 95! Que bom seria que pudéssemos sonhar em voar... e acordar no destino! Beijo. Daisy

Comment by Marco Luiz — Wednesday, 23 de July de 2008 (12:57:39)
Ah, eu sou aficcionado por aviões. E imagina só um modelo todo transparente como descrito no texto... ia ser muito legal. Haha. Ah, e na verdade, se o motor fizer muuuito barulho não presta não. Me tranquilizam mais aqueles que fazem um barulho suave, porque são mais novos. Bom, depois dessa aula técnica, concluo dizendo que se o motor não fizer NENHUM barulho, aí é problema. Fui.

Comment by Alexandre Souza — Thursday, 24 de July de 2008 (17:24:43)
Voar é uma delícia! Chegar no destino rapidinho... Bem aos que tem medo de voar, recomendo: pulem de um trampolim bem alto (+de5m) ou de pára-quedas. Se sobreviver a estas experiências, certamente o medo de voar no "charuto com asas" vai desaparecer...