Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

CAPOTAMENTO

Chutando lata ou catando os cacos
aos trancos, barrancos e cabaços;
penando, tropeçando e soçobrando nos cavacos,
derrubando troços, capengando aos trompaços.
          Oscilando e vacilando aos pedaços,
          entortando as pernas, praguejando raios e macacos;
          girando tontamente e rodando os braços,
          vendo nuvens e estrelas soltando raios fracos.
Rasgando a própria roupa aos trapos,
espalhando o lixo e perdendo os trecos,
transformando o mundo em cacarecos…
          Amontoando restos, pó, caliça e fiapos;
          bagunçando o coreto em movimentos certos,
          avermelhando as faces com sorrisos retos.
[Adhemar - S. Paulo, 16/12/2004]

Nenhum comentário: