terça-feira, 9 de setembro de 2014

"DESEQUIDISTÂNCIA"

Já não posso contemplar teus olhos negros
nem posso pousar meu corpo em ti.
Tua presença me desequilibra, mesmo,
ainda assim eu te queria aqui.
Já não posso contemplar o teu semblante
sem que o desejo de abraçar-te me assalte.
O desequilíbrio de afastar-te é enervante
e meus gestos pedem que tu volte.
Tua presença suportar não posso
pois a dor de não te amar é alta;
e indagado em meu íntimo sentido esboço
o meu coração que a própria voz não solta.
Resta o consolo a balançar no peito
rolando o corpo em meu ardente leito;
o que nos separa assim tão de mau jeito
é amizade, afeto e respeito!
P/ CDG
[Adhemar - São Paulo, 01/01/1986]
Muita distância…
Segundo texto escrito para uma amiga da época que se declarou - com a maior clareza possível - apaixonada por este atrapalhado poeta. Este, por sua vez, estava envolvido com outra mulher e, com a maior delicadeza possível exercitou o que uns amigos de hoje chamam de "bom mocismo cafona". Não dei a ela nehuma falsa esperança e nenhuma das poesias que pra ela escrevi (e que ela nem sabe que existem). Fico, portanto, no meio-termo entre o cavalheiro de quase sempre e o cafajeste do "post" de ontem [N.A.: CAMPEONATO DE POTOCA (15), reapresentado aqui em 18/09/2013].
Adhemar, 29/09/2008.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Nã — terça-feira, 30 de setembro de 2008 (00:18:35)
“o que nos separa assim tão de mau jeito
é amizade, afeto e respeito!”
ai, aii… isso dói, hein?
ainda hoje eu tive que vivenciar essa dor.
Adorei a poesia, cavalheiro! ;P

Comentário por tah — terça-feira, 30 de setembro de 2008 (14:01:41)
O comentário anterior ao meu tem toda razaõ… como isso é duro…
mas gostei do poema; elegante, cavalheiro e… o que mesmo? Ah! Cafona…kkkkkkkkkkkkk
bom mocismo cafona… como não pensei nisto antes??????
Bjão
adoro “te” ler

Comentário por Manhosa — terça-feira, 7 de outubro de 2008 (12:26:36)
O Cavalheiro… me inibi…
Não sei o porquê…
Será um que… de falsidade…
O Cafajeste… me cutuca…
Sei porque…
Sempre é um desafio… risos…
Bjs.