sábado, 13 de setembro de 2014

"ENDUVIDADO"

A grande encruzilhada é isto: chegar a um determinado momento na vida ainda indeciso. Olhar para o enorme esforço despendido ao longo de quarenta anos e não estar satisfeito nem conformado. Dizem que é um dos segredos de se manter vivo e ativo: a incansável busca de algo quase inatingível; ao alcançar, ver que não era bem o que se esperava e recomeçar outra vez.

Mas aos 20, aos 25, mesmo aos 30 ou 35 anos a gente é capaz de reformar (renovar?) os projetos e ter força física para recomeçar. Mas há um certo tempo dessa mesma vida - que eu nem me atrevo a avaliar qual seja -  em que tudo fica nebuloso, mais difícil. Há um certo desalento, um desencanto sem muito sentido que persegue os sonhos tal como sombra ou nuvem carregada. É um aparente cansaço, os olhos não são mais os mesmos, as pessoas estão sempre fatigadas e cadeiras ou almofadas são anseios constantes. E, ter mais dúvidas do que aos dezoito anos! É um supremo ícone do incompreensível futuro, o que somos, aonde vamos.

E, enquanto pensa, a gente escreve...


[Adhemar - São Paulo, 27/02/2004]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Ylago — sábado, 22 de novembro de 2008 (20:01:06)
Pô Adhemar… me deu medo de ficar velho agora!!!
Em todas as idades convivemos com alguma decepção… quando mais velho, mais decepcionados… lembro quando era criança… era alegria todo dia… aí chega a adolescência… as coisas vão mudando… e aos 21, não é todo dia que a gente se sente criança…
Me explica porque?
Abraço.
Bom FDS.

Comentário por Leca Duarte — domingo, 23 de novembro de 2008 (00:37:09)
“40 é o início descendente, é o encontro de nós mesmos com o espelho… mas quando chegarmos ao 60 (dizem) descobriremos que aos 40 éramos melhores que aos 30, que aos 20. Aproveitemos então as incertezas certas e salve os 40… ” Olá muito prazer em “lê-lo”, obrigada pelas boas vindas.

Comentário por Manhosa — segunda-feira, 24 de novembro de 2008 (23:44:07)
Adhemar…
E ai… se diz… ah se eu tivesse 20 anos menos…
Muitos dias… nem escrever… alguma coisa meio que sufoca… e as letrinhas se negam a se juntar…
… risos…
Mas… logo clareia o dia… e tudo recomeça…
Bjs