quinta-feira, 4 de setembro de 2014

FORMAÇÕES

Há seres tais como astros,
uma enorme energia por dentro
esfriando ao longo do tempo.
Formação de intensos conflitos,
de calor, de brilho e expansões;
de atos, matéria e ações.
Mas de trajetória escolhida,
traçada a régua e compasso,
minério, mistério e aço.
E o que é esfriar?
É saber, aprender, afirmar.
Girar rápida e precisamente,
evoluir, estabelecer, solidificar.
Há seres tais como astros,
porém melhores, mais finos
porque, por mais que o tempo passe,
só faz aumentar o seu brilho.
Para Tia Norah
[Adhemar - S. Paulo, 16/12/2001]
Minha tia.
Para completar o ciclo, faltava falar da mãe dos meus primos Sanna. É a perfeita imagem da sabedoria, do enxergar mais longe, de transmitir o que deduziu das lições da vida. Conversar com ela é um grande prazer. Mas não a convidem para jogos que envolvam raciocínio e cultura. Ela ganha sempre... Convidem sim, a gente não ganha mas aprende muuuuito!
Adhemar, 19/06/2008.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por isa — sexta-feira, 20 de junho de 2008 (08:45:19)
Que legal isso de homenagear seus familiares com poesia e prosa…contando “causos” e passagens de sua vida com eles…
Tenho adorado ler…afinal vc é grande, muito bom mesmo!!!
Quanto ao meu espaço, mudei sim, sou uma eterna “ciganinha” em todos os sentidos, rss…o espaço era roxinho, mas como mudou o meu estado de espírito, resolvi clarear tbém a cor do blog…hehehe
Ah… já ia me esquecer de mais uma vez agradecer aos coments…obrigada sempre.
Abração
Isa

Comentário por Daisy — sexta-feira, 20 de junho de 2008 (10:24:16)
Belíssimo ciclo este. Lindo berço.
Brilhante prosa e verso.
Grande abraço.

Comentário por Natália Lima — sexta-feira, 20 de junho de 2008 (11:01:14)
Linda a poesia Adhemar, adorei!!
É muito interessante o surgimento das inspirações, muitas vezes fluem com tanta intensidade que o resultado só pode ser este…palavras doces, serenas que emocionam! Eu adoro escrever poesias também!!
Beijos