sábado, 13 de setembro de 2014

GOSTAR DE TI

GOSTAR DE TI é te sentir.
         querer te ver, não te deixar.
         Se sou obrigado a partir
         não posso resistir e ficar.
GOSTAR DE TI é chorar,
         baixinho no quarto ao lado
         do teu; e esperar
         de manhã o teu bom dia sussurrado.
GOSTAR DE TI é murmurar
         teu nome entre momentos de saudade.
         E ansiosamente esperar,
         por ti atravessar toda a cidade.
GOSTAR DE TI é a felicidade.
         Estar contigo é completá-la,
         é sofrer aos pouquinhos, de verdade,
         na tua ausência, quando tenho que enfrentá-la.
GOSTAR DE TI é sonhar
         e por isso mesmo não poder
         o sonho - que é tu - contar.
         (Pois a ti não quero perder…)
GOSTAR DE TI é te sentir,
GOSTAR DE TI é sonhar-te,
GOSTAR DE TI é cantar-te,
GOSTAR DE TI é a felicidade;
GOSTAR DE TI é sofrer,
         sorrir, lembrar, saltar, fazer.
PMG
[Adhemar - São Paulo, novembro/1981]
Gostar, gostar!
Escrito para a namorada que morava longe; na ZN da cidade (e eu, na ZS!). O penúltimo verso, que profético! Mas a vida deu suas cambalhotas, o poeta (?) junto, sobrevivendo aos temporais (como diz o Ivan Lins)… Mas esse negócio da namorada morar longe (nem tanto quanto a do Jorge Benjor) acabou dando certo; Minha atual namorada, SM, morava na ZS, mas num extremo longínquo da ZS, mais distante que a ZN. E, há quase vinte anos já, não precisamos mais andar tanto!
Adhemar, 14/11/2008.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comment by caurosa — Friday, 14 de November de 2008 (21:16:01)
Meu amigo Adhemar, o gostar para mim é a felicidade, não eterna, porém intensa e alegre. Muita luz, inspiração, paz e harmonia para você. Forte abraço CAUROSA - caurosa.wordpress.com