Pesquisar este blog

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

ILHÉUS

               Demorou 20 anos. Mas conseguimos estar de volta numa cidade que é, para mim, uma segunda casa. Esse retorno, com mulher e filhos junto, é para matar as saudades e ver se os contagio com um grande amor - não apenas pelo lugar em si, lindo e aconchegante - mas pelo que dele fazem as pessoas nativas, receptivas e acolhedoras.
               Não me importa a opinião daqueles que acham a cidade feia, ou simples; em todos os seus aspectos Ilhéus é uma cidade cuja beleza está muito além do que se vê. Suas lindas praias - aí ninguém ousa discordar - emolduram um recanto do mundo escolhido por Deus para pessoas especiais nascerem, residirem e visitarem.
               Não me importa se as pressões econômicas, o turismo ou a ganância de uns poucos possa fazer com que pareça comum; não me importa se, em alguns detalhes, o governo descuide do aeroporto, das vias de acesso e do próprio povo; Ilhéus é o que seu povo faz: um lugar agradável, aprazível e espetacular, com a maravilhosa vantagem de ser na Bahia.
                Um dia, ainda venho morar aqui.
[Adhemar - Ilhéus, 23/01/2008]
BRASIL
Adoro o Brasil de uma forma geral, a Bahia em particular. Sonho em conhecer todo o território nacional, para poder dizer o mesmo que disse de Ilhéus (e essa é uma fé que carrego) de outros lugares também.
Adhemar, 02/08/2008.

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por NBS — sábado, 2 de agosto de 2008 (18:15:03)
Estava lá tambem nessas duas vezes e compartilho de sua opinião. Ilhéus é tudo de bom, é mais que boa vida, é estilo de vida.Tsmbem gostaria de viver lá.
Um forte abraço.
NBS