Pesquisar este blog

sábado, 13 de setembro de 2014

IMPASSE ALTERNATIVO

Uma certa dureza se reflete nos atos, nos fatos.
Um estupor, um inconformado espanto
faz quase desistir da recém renovada fé, a pé,
aos trancos, aos cacos.
Na última hora,
um quase, uma frase e a troca.
A graça com a desgraça rindo,
enquanto puxamos carroça.
Palavras cruzadas no vento,
no alento, no avante.
E pragas e imprecações,
afagos, provocações.
Mais um capítulo encerra sem glória
a aventura,
levando ao céu ou à terra
a marca da desventura.
O medo, o pânico, a paúra;
o puro desespero se manifesta.
Na história, aos trancos, na rua,
nua e crua, contraditória.
Verdades e fatos mascaram
os planos otimistas e alvissareiros;
contrários, no entanto, à festa
e aos avisos dos conselheiros.
Se mortos fugimos da realidade
com alma amarga e depressiva,
saudemas com afinco e sinceridade
ao mundo da fantasia.
O mundo é como o vemos.
Tiremos as máscaras feias
que vemos nos noticiários e nos jornais.
Vejamos somente romance e sangue nas veias
para que vividas tristezas não voltem mais.

[Adhemar - São Paulo, 28/05/2005]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comment by Gaby — Tuesday, 18 de November de 2008 (14:02:52)
Olá obrigado pelo seu comentario no meu blog justificando quis dizer em meu Texto que independente de qualquer coisa temos que ter respeito uns pelos outro e no respeito onde se começa uma bela amizade ou então sentimento de odio.tambem acho que resolver as coisas na agressão não é o melhor!! fico muito feliz com seus comentarios no meu blog, sinto em você uma pessoa com muita sabedoria e tenho muito que aprender .... muito obrigado Gaby

Comment by Morenah — Tuesday, 18 de November de 2008 (16:31:02)
É vamos ver até onde vai essa alegria, rs Vc retrata mto bem td que se dispõe a escrever *=))

Comment by Tatiana Rezende — Thursday, 20 de November de 2008 (15:32:52)
É duro admitir, mas há dureza nos fatos...