sábado, 6 de setembro de 2014

IMPRESSÃO

Senti o mundo girando.
Um breve momento,
concentrado, preocupado;
e o mundo ali, sob os meus pés,
movendo-se em torno de si mesmo,
espiralando no espaço.
Grande sensação.
O corpo quase desprendendo do chão,
projetando-se para o céu.
Estrelas brilhando,
o espaço esperando.
Estranhos perfumes,
infinitos pensares.
Apesar de pesado
senti-me flutuando qual pluma;
e a breve sensação de estar voando,
viajando, simples passageiro do Universo,
planeta Terra,
nave-mãe, irmã, abrigo.
Nem calmaria, nem perigo;
somente o lento deslocar rapidamente
rodeando o astro-calor,
o astro-vida, astro-amarelo, astro-pai.
Astral estelar,
leveza total.
E assim o espírito se eleva
e pela força universal nos leva
nas alturas, a observar o mundo.
Vemo-nos de cima, vemos tudo
e mesmo mais e mais profundamente;
chegamos a enxergar dentro da gente.
E na síntese - o resumo -
objetivamente…
O que somos, aonde vamos
são só detalhes menos importantes dessa vida.
O mais interessante,
o mais inadiável
e o que para mais nos esforçamos…
É como!
[Adhemar - Santo André, 29/04/2002]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por PaatiBoop — terça-feira, 8 de julho de 2008 (23:42:23)
Muito bom que gostaste! Fiquei muito feliz, tu sabe que recebi um retorno imenso de pessoas apoiando o ponto de vista e reconhecendo o desleixo do brasileiro com relacao a sua terra! Sinta-se a vontade pra ler quando quizer! A ideia principal (diario online) nao se cumpre muito porque eu nao gosto de rotina, entao sempre tem coisas diversificadas la! Vou te favoritar pra nao perder tuas poesias! Muito obrigada!