Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

NASCIMENTO

Onde houver uma folha em branco
vai haver uma idéia adormecida;
vai poeta, desperta a tua amada
com o som indefinido de tua pena
deslizando sobre o papel.
Desperta o fato
dando vida como ao feto
a mulher grávida.
Transforma a branca planície celulósica
em suporte de um ideário romântico,
atrevido e visionário.
Faz da tua mão
um supérstite de tua mente
e do teu coração.
[Adhemar - Santo André, 14/11/2006]

Nenhum comentário: