Pesquisar este blog

sábado, 13 de setembro de 2014

REFLEXÕES EM MOVIMENTO

O homem é mais rápido do que eu. As paradas são curtas, ele sai antes que eu acabe as frases, ou as palavras. O ônibus é elétrico, uma espécie de bonde, só que sem trilhos. Coisa da Idade Moderna, não poluente nem barulhento, prato cheio para um nostálgico como eu. A passagem não chega a custar uma pedra lascada, mas também ainda não é um bilhete eletrônico. Os passageiros se cumprimentam, coisa esquisita numa cidade grande. Mas o bairro é antigo; daí a força da união das pessoas. O meu barbeiro é o garoto que aparece sozinho à direita no quadro da independência!
Bom, meu ponto chegou, adeus. Se estiveres lendo este escrito é porque entendi os mal traçados garranchos no suave balanço do asfalto.

[Adhemar - São Paulo, 15/09/2003]
Bota movimento nisso!
Moro no Ipiranga de novo, desde 2003. E sempre ia (e vou) à prefeitura, no centro, de ônibus elétrico (sem trilhos, mas pendurado no "teto" da rua). Aproveitava o trajeto para ir e vir escrevendo, os dois textos de hoje foram feitos em sequência, na volta pra casa ("Inversão", logo abaixo*, foi escrito primeiro). A brincadeira com o barbeiro (já falecido) era meu pai quem fazia para zoar a antiguidade dos dois: do bairro e do cortador de cabelo...
Adhemar, 26/11/2008.

* N.A.: logo acima...

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Gaby — quarta-feira, 26 de novembro de 2008 (08:43:07)
Oi !!
Que bom que ainda existe um lugar
como o Ipiranga numa enorme São Paulo, onde as pessoas se encontram
mais seguer se olham..
Eu já moro em uma cidade pequena
Vargem Grande Paulista todo mundo se conhece aqui não é dificil encontrar o prefeito tomando café na padaria, bom um lado e bem legal.. morar em cidade pequena e ao contario do Ipiranga ela é bem novinha apenas 27 anos.

Comentário por Hellinho Ferreira — quinta-feira, 27 de novembro de 2008 (02:31:08)
Saudações mestre…
Estas aí inspirando-se nas paisagens e nas mudanças inevitáveis neh???

Comentário por tah — quinta-feira, 27 de novembro de 2008 (13:59:04)
Meus primos de SP moram no Ipiranga tb!
E eu tb sou nostálgica, mas nunca deixo de lado as coisas novas. É bom esse mundo novo q inaugura a cada dia, mas tb é gostoso parar na correria por 15minutinhos e lembrar qdo a gente respirava e piscava…
Adoro passar aqui.
Bjao

Comentário por Ylago — quinta-feira, 27 de novembro de 2008 (18:20:01)
Já em cidade de 4 mil habitantes… a história é outra… não tem ônibus assim, para se ficar escrevendo… rsrs…
Aliás… achei tri o texto “Inversão”.
Abraço.